terça-feira, 30 de novembro de 2010

VIVA A VIDA !!!!

Há muitas pessoas vivendo normalmente com o vírus da AIDS, graças aos avanços da medicina, da ciência e às conquistas do movimento organizado de luta contra a AIDS.


Se você é soropositivo, não aceite ser tratado como vítima ou como diferente. 

Você tem todos os direitos de cidadão: acesso ao trabalho, à escola, à informação e a atendimento em saúde com dignidade.
Siga lutando por sua vida e valorize aqueles que lhe querem bem.

Nunca tolere a discriminação. Denuncie qualquer tipo de preconceito. E continue praticando o sexo seguro. Use sempre camisinha. Assim você protege seu parceiro e a si mesmo.

AIDS – Síndrome da Imunodeficiência Adquirida

 Dia 1° de dezembro comemora-se o Dia Mundial de Luta contra a AIDS.


 Aprendendo um pouco mais sobre a AIDS e HIV

A sigla AIDS significa Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. O vírus  da AIDS é conhecido como HIV e encontra-se no sangue, no esperma, na secreção vaginal e no leite materno das pessoas infectadas pelo vírus. Objetos contaminados pelas substâncias citadas, também podem transmitir o HIV, caso haja contato direto com o sangue de uma pessoa.

Após o contágio, a doença pode demorar até 10 anos para se manifestar. Por isso, a pessoa pode ter o vírus HIV em seu corpo, mas ainda não ter AIDS. Ao desenvolver a AIDS, o HIV começa um processo de destruição dos glóbulos brancos do organismo da pessoa doente. Como esses glóbulos brancos fazem parte do sistema imunológico ( de defesa ) dos seres humanos, sem eles, o doente fica desprotegido e várias doenças oportunistas podem aparecer e complicar a saúde da pessoa. A pessoa portadora do vírus HIV, mesmo não tendo desenvolvido a doença, pode transmiti-la. 


Formas de Contágio 

   Transfusão de sangue, relações sexuais sem preservativo, compartilhamento de seringas ou objetos cortantes que possuam resíduos de sangue.


 A AIDS também pode ser transmitida da mãe para o filho durante a gestação ou amamentação.                          
         


Principais Sintomas da AIDS

Quando o sistema imunológico começa ser atacado pelo vírus de forma mais intensa, começam a surgir os primeiros sintomas. Os principais são: febre alta, diarréia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele. Quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer: pneumonia, alguns tipos de câncer, problemas neurológicos, perda de memória, dificuldades de coordenação motora, sarcoma de Kaposi (tipo de câncer que causa lesões na pele, intestino e estômago). Caso não tratadas de forma rápida e corretas, estas doenças podem levar o soropositivo a morte rapidamente.


Formas de Prevenção



Tratamento


Infelizmente a medicina ainda não encontrou a cura para a Aids. O que temos hoje são medicamentos que fazem o controle do vírus na pessoa com a doença. Estes medicamentos melhoram a qualidade de vida do paciente, aumentando a sobrevida. Lembrando que os medicamentos utilizados provocam efeitos colaterais significativos nos rins, fígado e sistema imunológico dos pacientes.


Cientistas do mundo todo estão trabalhando no desenvolvimento de uma vacina contra a AIDS. Porém, existe uma grande dificuldade, pois o HIV possui uma capacidade de mutação muito grande, dificultando o trabalho dos cientistas no desenvolvimento de vacinas.


domingo, 28 de novembro de 2010

PROGRAMA CEAPA (Central de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas)


O Núcleo de Prevenção à Criminalidade de Governador Valadares é formado por quatro programas de prevenção: CEAPA, PrEsp (Programa de Reintegração Social do Egresso do Sistema Prisional), Mediação de Conflitos e Fica-Vivo.

Programa CEAPA da Secretaria de Estado e Defesa Social (Seds), implementado através da Superintendência de Prevenção à Criminalidade (Spec), é uma experiência singular no Brasil. É uma política que busca criar condições para o acompanhamento e aplicação de penas alternativas ao sistema prisional. Para isso, conta com a participação de diversos órgãos: Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública e Sociedade civil organizada.

O Programa tem como objetivo o apoio e acompanhamento às penas e medidas alternativas no Estado de Minas Gerais, buscando a inclusão social como política de prevenção à reincidência criminal.

Além do monitoramento das penas alternativas, o Programa CEAPA busca a socialização do público atendido através da reflexão a respeito do delito cometido, desperta o resgate da auto-estima, a identidade e o valor social, estimulando a participação cidadã. Para isso, possui uma equipe de psicólogos, advogados e assistentes sociais trabalhando em parceria com instituições locais.

IMPACTOS DO PROGRAMA:

  •  Criação de alternativas ao sistema prisional, por meio do cumprimento de pena em liberdade;
  •   Formação de rede parceira beneficiada pela prestação de serviços à comunidade;
  •   Inclusão social dos beneficiados;
  •   Diminuição da impunidade com a fiscalização do cumprimento da pena alternativa;
  •   Redução do custo da execução penal.




Resultado da Enquete sobre o Núcleo de Prevenção à Criminalidade

A enquete buscou saber qual ou quais Programas do Núcleo de Prevenção à Criminalidade você conhecia. 
Com a maioria dos votos o Programa CEAPA venceu com o percentual de 43,75 %.


O Programa CEAPA  é a (Central de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas).

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

QUAL A COR DO SEU CÉREBRO

Clique na Imagem e descubra qual a COR do seu CÉREBRO respondendo as questões para saber como é sua personalidade!!!



NEURÓBICA – Ginástica para o Cérebro


Neuróbica significa exercícios para o cérebro. 

A Neuróbica ou Ginástica Cerebral capacitará você a aprender mais rápido, fortalecer a concentração, o raciocínio, a memória e liberar a criatividade. Esta atividade procura proporcionar um espaço para o exercício da mente, tal como se fosse à prática de uma atividade física regular ou uma ida à academia.

A Neuróbica é muito diferente de outros tipos de exercício cerebral, que em geral envolvem quebra-cabeças, palavras cruzadas, exercícios de memória e várias espécies de testes. Em vez disso, os exercícios da Neuróbica usam os cinco sentidos de novas maneiras, a fim de aumentar o impulso natural do cérebro para formar associações entre diferentes tipos de informações.
Esse programa oferece ao cérebro experiências fora da rotina, usando várias combinações de seus sentidos - visão, olfato, tato, paladar e audição, além dos "sentidos" emocional e social.
As associações (juntar um nome a um rosto, ou um aroma a um alimento, por exemplo) são os blocos que constroem a memória e a base da maneira como aprendemos. Criar deliberadamente novos padrões associativos é uma parte fundamental do programa da Neuróbica.
Com a Neuróbica quebramos a rotina do cérebro deixando-o mais ativo para vencer os desafios no trabalho e nos estudos. Ela é o resultado prático dos estudos da Neurociência.
Fundamenta-se que, tal como o corpo, para se desenvolver de forma equilibrada e plena, a mente terá que ser treinada, estimulada e desenvolvida.
Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões. Não se trata de acrescentar novas atividades à sua rotina, mas de fazer de forma diferente o que você realiza diariamente.

Muitos exercícios neuróbicos desafiam o cérebro ao reduzir sua dependência da vista e audição, estimulando os sentidos menos usados do olfato, tato e paladar a desempenharem um papel mais proeminente nas atividades diárias. Ao fazer isso, circuitos quase nunca ativados da rede associativa de seu cérebro são utilizados, aumentando a flexibilidade mental.

O objetivo é afastar-se do presente e do local onde está através da imaginação. Quanto mais ricas forem as imagens mentais que criar, melhor será para as células nervosas envolvidas.



Dicas para treinar diariamente seu cérebro
1-Use o relógio de pulso no braço direito;
2-Ande pela casa de trás para frente;
3-Vista-se de olhos fechados; 
4-Estimule o paladar, coma comidas diferentes; 
5-Leia ou veja fotos de cabeça para baixo concentrando-se em pormenores nos quais nunca tinha reparado; 
6-Veja as horas num espelho; 
7-Troque o mouse do computador de lado;
8-Escreva ou escove os dentes utilizando a mão esquerda - ou a direita, se for canhoto;

9-Quando for trabalhar, utilize um percurso diferente do habitual; 
10-Quando for a um restaurante, tente identificar os ingredientes que compõem o prato que escolheu e concentre-se nos sabores mais subtis. No final, tire a prova dos nove junto ao garçom ou chef; 
11-Selecione uma frase de um livro e tente formar uma frase diferente utilizando as mesmas palavras; 
12-Experimente jogar qualquer jogo ou praticar qualquer atividade que nunca tenha tentado antes;
13-Compre um quebra cabeças e tente encaixar as peças corretas o mais rapidamente que conseguir, cronometrando o tempo. Repita a operação e veja se progrediu;

14-Experimente memorizar aquilo que precisa comprar no supermercado, em vez de elaborar uma lista. Utilize técnicas de memorização ou separe mentalmente o tipo de produtos que precisa. Desde que funcionem, todos os métodos são válidos;
15-Recorrendo a um dicionário aprenda uma palavra nova todos os dias e tente introduzi-la (adequadamente) nas conversas que tiver;
16-Ao ler uma palavra pense em outras cinco que começam com a mesma letra;

17-A proposta é mudar o comportamento rotineiro. Tente, faça alguma atividade diferente com seu outro lado do corpo e estimule o seu cérebro. Se você é destro, que tal escrever com a outra mão? 

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Que tal malhar a Massa Cinzenta ?


O corpo humano necessita diariamente de praticar exercícios físicos para se manter saudável, assim como o nosso cérebro. Se você deseja melhorar as capacidades do seu cérebro, ou simplesmente mantê-las bem, o melhor remédio é... USAR O CÉREBRO!!!


Faça o teste: 
Diga as CORES mostradas abaixo e não o que está escrito...


O lado direito do seu cérebro tenta dizer a cor, mas o lado esquerdo insiste em ler a palavra. Assim, malhamos a massa cinzenta colocando o cérebro em conflito de hemisférios. Para ficar forte, o cérebro precisa desses exercícios mentais. Tem de sair do automático e fazer coisas que exijam atenção e concentração com o objetivo de fugir da acomodação mental.

A capacidade de reorganização do cérebro conforme o uso é chamada de plasticidade cerebral. É justamente isso que lhe proporciona guardar registros da história de vida que define “você”, por exemplo, como aprender a ler ou dirigir.

Quanto menos se usa uma função cerebral, pior ela fica – ao mesmo tempo que, quanto mais se usa o cérebro em um tipo de atividade, melhor ele é capaz de realizá-la. Por isso a atividade mental rica e variada com a prática das mais variadas funções cognitivas, é importante para manter todos os circuitos ativos e saudáveis, prontos para o uso. 

Sabendo que o aprendizado depende de uso, o resultado dessa especialização funcional do cérebro, ou divisão de tarefas, é que só melhoram aqueles sistemas que são efetivamente usados com sucesso.

Se você passa todas as horas do dia lendo, ficará muito bom em atividades que envolvam a linguagem, o processamento semântico, vocabulário e geração de palavras – mas não desenvolverá suas habilidades motoras, musicais, ou de resolução de problemas, por exemplo. Em contra partida, se sua vida é jogar xadrez, você se tornará muito bom em resolver problemas lógicos que envolvam análise espacial e a visualização mental de várias etapas – como no xadrez.


Para ter boa atenção, memória, visão espacial e raciocínio, é preciso, portanto exercitar sua atenção, memória, visão espacial e raciocínio lógico. Variedade é fundamental.


terça-feira, 16 de novembro de 2010

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Muito Prazer ! SOU EU !!!


O autoconhecimento, segundo a psicologia, significa o conhecimento de um indivíduo sobre si mesmo. A prática de se conhecer melhor faz com que uma pessoa tenha controle sobre suas emoções, independente de serem positivas ou não.

Tal controle emocional provocado pelo autoconhecimento pode evitar sentimentos de baixa auto-estima, inquietude, frustração, ansiedade, instabilidade emocional dentre outros, atuando como importante exercício de bem-estar e ocasionando resoluções produtivas e conscientes acerca de seus variados problemas. 

A auto-estima oscila de acordo com as situações e principalmente em como nos sentimos em relação a cada um delas. Mas o que faz com que algumas pessoas sejam mais seguras de si, mais estáveis emocionalmente enquanto outras se perdem se desesperam quando algo acontece?

O diferencial que faz com que cada um consiga ter controle sob suas emoções é o autoconhecimento.

O quanto você se conhece? Muito? Pouco? A maior parte das pessoas acredita que se conhece, mas na verdade se conhece muito pouco. É muito difícil alguém se conhecer interiormente quando a busca está sempre no externo.

Buscam cuidar da pele, mudar o corte do cabelo, comprar roupas, carros, eliminar alguns quilinhos, mas quase sempre esquecem que o caminho deve ser o contrário, de dentro para fora.


Quando uma pessoa está bem com ela mesma você percebe isso não pela roupa que está usando, ou o carro que está dirigindo, mas pelo brilho em seu olhar, o sorriso em seu rosto, a paz em seu espírito. Como alguém que dorme mal toda noite pode sentir paz? Como alguém que está constantemente se criticando, se culpando, se achando errada, pode se amar? Amar-se é condição básica para elevar a auto-estima. É importante identificar os fatores que estão te impedindo de elevar sua auto-estima.

Pode-se buscar o autoconhecimento a partir da percepção dos defeitos e qualidades, sendo esses externos (corporais) e internos (emocionais). O equilíbrio entre os fatores internos e externos deve ser buscado para que não haja espaço para manipulação e fragilidade. Também pode haver reflexão de vida, analisando o comportamento obtido até então e as atitudes tomadas para que se consiga detectar maus atos e comportamentos, a fim de que não mais ocorram.

sábado, 13 de novembro de 2010

IV SEMINÁRIO MUNICIPAL DE PREVENÇÃO À CRIMINALIDADE DE GOVERNADOR VALADARES

           No dia 12/11/2010 aconteceu o IV SEMINÁRIO MUNICIPAL DE PREVENÇÃO À CRIMINALIDADE DE GOVERNADOR VALADARES, cujo tema foi: "Fatores de risco e as alternativas para prevenção à criminalidade". 


          O evendo foi promovido pelo Núcleo de Prevenção à Criminalidade de Governador Valadares e contou com a presença dos palestrantes:



  • Dr. Marco Aurélio Romeiro Alves Moreira - Promotor de Justiça;
  • Cristina Salles Caetano - Socióloga, Professora da UNIVALE;
  • Flávia Cristina Silva Mendes - Advogada, Supervisora do Programa Mediação de Conflitos.




HINO NACIONAL 

APRESENTAÇÃO CULTURAL FICA VIVO  

 PALESTRANTES

EQUIPE TÉCNICA DO PROGRAMA CEAPA 

COFEE-BREAK 

TÉCNICA SOCIAL DE PSICOLOGIA 

 GESTORA DO NPC COM EQUIPE TÉCNICA DA CEAPA

TÉCNICAS E ESTAGIÁRIAS DA CEAPA 

 TÉCNICAS E ESTAGIÁRIAS DA CEAPA E PRESP

DANÇARINOS DE RIP-ROP DO FICA VIVO 

 APRESENTAÇÃO FICA VIVO - ENCERRAMENTO

AGRADECIMENTO DA GESTORA À EQUIPE 

Resultado da Enquete sobre Workaholic

50 % dos votos apontam que mesmo cansado, a pessoa finaliza o que precisa para entregar o trabalho; 
50 % não apresentam perfil de ser um Workaholic.


Dicas importantes para reflexão:

1- Entenda qual a intenção de um comportamento nocivo, quais são os motivos que levam você a trabalhar dessa maneira descompensada;

2- Aprenda a ter prazer e desfrutar das coisas que você já adquiriu com seu trabalho. A fase da conquista é muito prazerosa, mas não pode ser a única etapa boa da vida;

3- Qual é a função do seu trabalho na sua vida? Não se pode trabalhar de tal maneira a perder de vista seus desejos, anseios, necessidades e sonhos. É possível através do trabalho ter uma vida melhor.
 

sábado, 6 de novembro de 2010

Dançarinos Prisioneiros - Fenomenal !!!

É através de pequenas idéias que podemos transformar o mundo !!!!



Estes são os dançarinos prisioneiros do Centro de Detenção e Reabilitação da Província de Cebu nas Filipinas.

Têm imensas coreografias - que fazem sucesso, muitas no youtube e que foram uma idéia de Byron Garcia, um consultor de segurança do governo da província de Cebu. Ele afirma que a nova rotina de exercícios melhorou "drasticamente" o comportamento dos presos e dois ex-detidos transformaram-se em dançarinos desde então.

"Usando a música, pode envolver o corpo e a mente. Os prisioneiros têm que contar, memorizar passos e seguir a música", disse Garcia à BBC.

"Os prisioneiros dizem-me: "precisa colocar a sua mente longe da vingança, da loucura ou de planos para escapar da prisão ou juntar-se a uma gangue'", acrescentou Garcia.

A dança é obrigatória para todos os 1,6 mil detidos na prisão de Cebu, excepto para os idosos e doentes.

** Compartilhe essa idéia **




Esvaziando os Armários de Nossa Vida


Todos os anos há um momento em que olhamos nossos armários com um olhar crítico.

Olhamos aquelas roupas que não usamos há tanto tempo.

Aquelas que tiramos do cabide de vez em quando, vestimos, olhamos no espelho, confirmamos mais uma vez que não gostamos e guardamos de volta no armário.

Aquele sapato que machuca os pés, mas insistimos em mantê-lo guardado.

Há ainda aquele terno caro, mas que o paletó não cai bem, ou o vestido "espetacular" ganho de presente de alguém que amamos, mas que não combina conosco e nunca usamos.

Às vezes tiramos alguma coisa e damos para alguém, mas a maior parte fica lá, guardada sabe-se lá porquê.

Um dia alguém me disse: tudo o que não lhe serve mais e você mantém guardado, só lhe traz energias negativas. Livre-se de tudo o que não usa e verá como lhe fará bem.

Acontece que nosso guarda-roupa não é o único lugar da vida onde guardamos coisas que não nos servem mais.

Você tem um guarda-roupa desses no interior da mente.

Dê uma olhada séria no que anda guardando lá. Experimente esvaziar e fazer uma limpeza naquilo que não lhe serve mais. Jogue fora idéias, crenças, maneiras de viver ou experiências que não lhe acrescentam nada e lhe roubam energia.

Faça uma limpeza nas amizades, aqueles amigos cujos interesses não têm mais nada a ver com os seus.


Aproveite e tire de seu "armário" aquelas pessoas negativas, tóxicas, sem entusiasmo, que tentam lhe arrastar para o fundo dos seus próprios poços de tristezas, ressentimentos, mágoas e sofrimento.

A insegurança dessas pessoas faz com que busquem outras para lhes fazer companhia, e lá vai você junto com elas.

Junte-se a pessoas entusiasmadas que o apóiem em seus sonhos e projetos pessoais e profissionais.

Não espere um momento certo, ou mesmo o final do ano, para fazer essa "faxina interior".

Comece agora e experimente aquele sentimento gostoso de liberdade.


Liberdade de não ter de guardar o que não lhe serve.

Liberdade de experimentar o desapego.

Liberdade de saber que mudou, mudou para melhor,

E que só usa as coisas que verdadeiramente lhe servem e fazem bem.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Filhos,,,, Reflexo dos Pais ???

Será que o comportamento e a conduta dos pais interferem no estilo de vida das crianças e adolescentes?

 

          O desejo dos pais é que seus filhos sejam exemplares. Porém a dúvida está em como educá-los para tanto. Estamos no século XXI: educar não é mais seguir os padrões dos nossos pais, mas quebrar velhos modelos, atualizando-os com novos paradigmas.

       A distância existente entre os estímulos que os pais receberam e os filhos estão recebendo é muito grande, principalmente se os pais não acompanharam os avanços tecnológicos. Existem então, funções e valores que os avanços tecnológicos ainda não contemplam. Esses valores se resumem através da Cidadania Familiar.

       Para a psicóloga Sílvia Losacco, co-coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente (NCA) da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, ao educar é preciso manter a coerência entre o que o adulto pensa, sente e faz nas regras dos relacionamentos, nas normas institucionais e na legislação.

 “O exemplo vem mais das atitudes e menos da verborragia usada com os adolescentes”, aconselha.

Você sabe o que é um WORKAHOLIC?

Seguindo a definição do termo pode se dizer que: 
   Work= trabalho / Alco holic= alcoólatra
                Workaholic então é um viciado em trabalho.

Estudos recentes de casos clínicos em consultórios psicológicos e psiquiátricos concluíram que o vício em trabalho é similar ao vício em álcool ou cocaína: A mola-mestra é a compulsão. Para o Workaholic o trabalho torna-se uma obsessão.

As pessoas viciadas em trabalho sempre existiram, no entanto, esta última década acentuou sua existência motivada pela alta competição, vaidade, ganância, necessidade de sobrevivência ou ainda alguma necessidade pessoal de provar algo a alguém ou a si mesmo. Uma das mais severas consequências é o medo de fracassar. Este medo condiciona e impulsiona o viciado a tentar cada vez mais forte e mais concentrado na busca por resultados.

Como resultado da influência de uma pessoa viciada em trabalho pode-se perceber geralmente alguns fatos interessantes: o primeiro deles é que este tipo de pessoa geralmente não consegue se desligar do trabalho mesmo fora dele, acaba por deixar de lado seu parceiro, filhos, pais, amigos, aliás, os melhores amigos passam a ser aqueles que de alguma forma tem ligação com seu trabalho.

Se você está vivendo como um workaholic reflita e aprenda a ter prazer e desfrutar das coisas que você já adquiriu com seu trabalho. A fase da conquista é muito prazerosa, mas não pode ser a única etapa boa da vida. Perceba qual é a função do seu trabalho na sua vida, não se pode trabalhar de tal maneira a perder de vista seus desejos, anseios, necessidades e sonhos. É possível através do trabalho ter uma vida melhor sem comprometer seu dia a dia.

 Pense nisso !!!


Neurociências: Consumo e Dependência de Substâncias Psicoativas

Atualmente existem novos conhecimentos das neurociências sobre o consumo e a dependência de substâncias psicoativas (ou farmacodependências)...